segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Para Caetano Veloso e seus 75 anos




Para Caetano Veloso e seus 75 anos

Maria, mãe de Deus, o meu pedido
refere-se a Caetano, o tão Veloso,
eu peço que o proteja, seu ruído
que escapa de e se insere em O Gozoso

Mistério de multíplice florido
jardim de iridescências, um colosso
de músicas, essências de um gemido
silente e altissonante. Que alvoroço.

A pena de pavão de Krishna soa
no peito de Caê que é, numa boa,
um homem, um idoso, um menininote,

sincrético com voz de sacerdote,
capaz de sobrepor-se ao que destoa,
singrar em interestelar canoa.

***
Share |

4 comentários:

Marcos Satoru Kawanami disse...

Boa homenagem ao maravilhoso poeta.

abraço

BAR DO BARDO disse...

Valeu, Marcovsk!

Marcelino disse...

Gostei muito dos dois últimos tercetos. Porretas!

BAR DO BARDO disse...

Vlw, Marcelino!